Solenidade Da Dedicação Da Igreja E Do Altar Da Paróquia Santa Teresinha – Salesianos

No próximo sábado, dia 30/01, nossa Paróquia fará uma grande celebração para a dedicação da Igreja e do seu Altar, que recentemente foi construído em substituição do altar anterior, que era móvel.

Toda igreja, ao ser erigida como lugar destinado unicamente, e de forma permanente, a reunir o povo de Deus e celebrar os Sagrados Mistérios da nossa redenção, se torna um sinal peculiar da Igreja que peregrina na terra e uma imagem da Igreja que habita no Céu (cf. Pontifical Romano, promulgado por São Paulo VI – Dedicação da Igreja e do Altar, cap.II). Como tal, ela deve ser dedicada, com um rito solene, conforme a Tradição da Igreja.

A nossa Igreja de Santa Teresinha, ao ser inaugurada, recebeu apenas a Bênção. Por esse motivo, agora será realizada a sua dedicação, ao mesmo tempo em que o Altar será também dedicado.

Talvez, muitos se perguntem por que o altar anterior foi substituído. Bem, de acordo com o Código do Direito Canônico, convém que em toda Igreja haja um Altar fixo, de pedra natural, que forme uma única peça com o pavimento, de modo que seja não removido (CDC -Cân. 1235-1236). Então, o Altar da nossa Igreja foi devidamente adequado à essa observância.

O Altar de uma Igreja Católica é a mesa sobre a qual se celebra o sacrifício eucarístico, memória de Cristo, Ele mesmo sacerdote, vítima e altar, como descreve São João no livro do Apocalipse (Ap 8,3-4). Portanto, o Altar é sinal do próprio Cristo, sacrifício perfeito pelo qual fomos redimidos.

Podemos então compreender a importância e o respeito que é devido ao Altar. Por isso a Tradição ordena que ele seja consagrado e dedicado em uma solenidade especial, presidida pelo Bispo local, no nosso caso, pelo Cardeal Arcebispo de São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *