O samba chamou e Santa Teresinha foi

“A santidade para nós consiste em estarmos sempre alegres”

Com essa frase, aproximadamente 150 anos atrás, Dom Bosco já deixava claro a seus meninos e jovens que sim, é possível divertir-se sadiamente com alegria genuína e sem necessidade de reforços de bebida ou outras coisas.

E é isso que há 15 anos a Escola de Samba Dom Bosco da Obra Social de mesmo nome, em Itaquera vem mostrando ao povo paulistano através dos desfiles de Carnaval no Sambódromo do Anhembi. Este ano, com o tema “Dom Bosco: 200 anos de Amor ao Próximo… Um presente para o Mundo”, a Escola de Samba, tendo `frente Pe. Rosalvino M. Viñayo e Pe. Renato T. de M. Rocha, ambos salesianos e respectivamente seus Presidente e Vice-Presidente , desfilou na madrugada de terça-feira de Carnaval, dia 17 de fevereiro.

Concentrados no Anhembi desde a 1h30, os mais de 1.000 componentes enfrentaram uma forte chuva que serviu para molhar muito mas não esfriar o ânimo trazido por um samba-enredo de autoria de Marquinho-Magrelo e Tatu que é uma verdadeira poesia sobre a vida do Pai e Mestre da Juventude, a Escola entrou realmente para o desfile por volta de 5h00 da manhã, não sem antes Pe. Rosalvino exortar a todos a desfilarem com alegria e conduzir os componentes a uma oração do Pai-Nosso e uma Ave-Maria.

DOM_BOSCO_2015_FINAL_SAMBA06_AUDIO

Naturalmente, a intercessão do santo e de Auxiliadora que dava nome à uma das alas da Escola fez com que minutos antes dela entrar no Sambódromo, a chuva cessasse e só voltasse a cair após toda a Escola desfilar.

Entre esses mais de 1.000 componentes, a Família Salesiana se fez presente através da participação de sacerdotes, irmãs salesianas, Salesianos Cooperadores, membros da ADMA, Ex-Alunos(as)  e também paroquianos inclusive de nossa paróquia de Santa Teresinha.

O entusiasmo de todos e a beleza das coreografias foram contagiantes e a PASCOM traz para vocês, além das fotos acima, alguns momentos do desfile.

Fonte: PASCOM Santa Teresinha

 

 

Deixe seu comentário

Este espaço destina-se a comentários sobre o texto acima.

Para obtenção de informações, clique aqui




*

(*)campos obrigatórios.