Sair da rotina para matar as saudades

Na maior parte dos casos, paroquianos também ao participar da missa acabam se enquadrando em uma rotina, indo a uma determinada missa em um determinado horário da paróquia e somente algum evento ou novidade pode fazer com que as pessoas abandonem essa rotina e se disponham a participar de algo novo, mas foi exatamente isso que aconteceu com um sem número de paroquianos e paroquianas no domingo dia 23 de fevereiro de 2014.

O motivo pelo qual diversas pessoas e famílias, acostumadas a participar de missas dos mais diversos horários se encontrassem nesse domingo na missa das 18h00 na Paróquia Santa Teresinha foi o fato de que essa missa foi presidida por Pe. Eduardo Moura, sdb, que trabalhou na paróquia durante 2013 inteiro como diácono e no domingo 23 então, presidiu sua primeira missa nessa paróquia.

A amizade feita por Pe. Eduardo durante o ano passado, e seu bom humor, conhecido já por uma legião de amigos que têm acesso a suas postagens na rede social Facebook, fizeram com que a igreja ficasse repleta de amigos que além de participar de sua primeira missa, vieram dar um abraço para matar as saudades sentidas desde que ele partiu para Cuiabá – MT, para sua ordenação, ao final de 2013.

Em sua homilia, Pe. Eduardo, além de conduzir a assembleia a uma reflexão sobre a forma de amar baseada nas leituras do dia, ele também fez questão de agradecer à comunidade pela acolhida que teve durante seu diaconato e reconheceu que ainda não se acostumou a ser chamado de padre.

Homilia Pe. Eduardo

Ao final da missa, antes que os inúmeros amigos paroquianos ganhassem um abraço do neo-sacerdote, Pe. Eduardo concedeu uma simpática entrevista à Pascom Santa Teresinha, onde contou um pouco do seu trabalho atual.

Fonte: PASCOM Santa Teresinha

Deixe seu comentário

Este espaço destina-se a comentários sobre o texto acima.

Para obtenção de informações, clique aqui




*

(*)campos obrigatórios.