Nove temas e uma festa para a Mãe

Desde o dia em que a Família Salesiana celebra Santa Maria Domingas Mazzarello, que junto com Dom Bosco fundou o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora, dia 13 de maio, que a paróquia Santa Teresinha se propôs a empreender uma caminhada de nove celebrações com reflexões diferentes a cada uma delas, para se preparar convenientemente para a grande festa da Mãe, Nossa Senhora Auxiliadora. Essas nove celebrações eucarísticas, presididas por sacerdotes diferentes e com reflexões conduzidas a cada uma delas por um salesiano diferente animaram então a novena que culminou num sábado, 24 de maio, com uma comunidade paroquial entusiasmada e participativa.

“Maria vem até nós e nos ensina a rezar”

Abrindo a novena, o antigo pároco de Santa Teresinha, Pe. Mauro Chiarot trouxe muita alegria à assembleia que pôde matar as saudades do tempo em que ele era o pastor da comunidade paroquial.

Na entrevista concedida após a celebração, Pe. Mauro Chiarot falou da alegria que sempre sente quando visita a paróquia Santa Teresinha.

“Maria nos ensina a educar nossos filhos para Deus!”

Na celebração seguinte, também um antigo pároco, veio para celebrar com a comunidade, que recebeu também com muita alegria Pe. Ademar de Souza.

Em sua entrevista, Pe. Ademar falou um pouco das festividades de sua paróquia atual, a Nossa Senhora Auxiliadora, de Campinas, que comemora este ano 50 anos de ereção canônica.

“Maria sempre presente!”

A presidência da terceira celebração coube ao próprio pároco de Santa Teresinha, Pe. Camilo da Silva, mas a homilia foi desenvolvida pelo Dc. Rafael Barbosa que falou da presença de nossa mãe e de nossa Mãe Auxiliadora na vida de todos nós.

Sempre com sua alegria salesiana e sempre muito bem humorado, o Dc. Rafael concedeu uma divertida entrevista ao final da celebração e falou do significado que teve para ele conduzir o Santíssimo Sacramento na adoração eucarística que sucedeu a missa.

“Maria: Mãe intercessora!”

Na quarta celebração a presidência da celebração foi conduzida pelo neo-sacerdote Renato Tarcísio Rocha, que veio de Itaquera para celebrar pela primeira vez em Santa Teresinha.

O “Dom Bosco” de Itaquera, Pe. Rosalvino foi assunto na entrevista que Pe. Renato Tarcísio concedeu ao final da celebração.

“O silêncio de Maria!”

Após o final de semana de 17 e 18 de maio, a segunda-feira reiniciou as celebrações da novena dedicada a Nossa Senhora  Auxiliadora com a presidência de Pe. Camilo e reflexão conduzida pelo Dc. Tiago Eliomar, que trabalha na paróquia durante os finais de semana de 2014.

O Dc. Tiago Eliomar, após a celebração, concedeu uma entrevista onde falou de sua precoce vocação sacerdotal.

“O sim de Maria!”

Um outro neo-sacerdote que nunca havia celebrado em Santa Teresinha foi o presidente da sexta celebração, Pe. Hélio Espíndola, que também veio da Zona Leste, desta vez da paróquia Santa Luzia, no Jardim Nordeste.

Na entrevista, Pe. Hélio revelou como, sendo de uma paróquia diocesana, terminou se ordenando sacerdote na congregação salesiana.

“Maria: A esposa do Espírito Santo!”

A sétima celebração da novena trouxe para presidir a mesma o diretor da comunidade salesiana de Santa Teresinha, Pe. Reinaldo de Oliveira e contou também com a renovação do compromisso dos Salesianos Cooperadores do Centro Local de Santa Teresinha.

Sendo o Delegado escolhido pelo padre inspetor para acompanhar espiritualmente esse Centro Local dos Salesianos Cooperadores, Pe. Reinaldo na entrevista falou da importância desse grupo para o colégio e a Família Salesiana.

“Maria: Mulher em pé!”

A penúltima celebração da novena trouxe até Santa Teresinha, o Inspetor Salesiano de São Paulo, Pe. Edson Castilho.

Em sua entrevista, Pe. Edson falou da grande perda da Inspetoria Salesiana de São Paulo com o falecimento naquele dia, do Pe. Alfredo Bortolini, de 100 anos de idade, em Campinas.

“Maria: Auxiliadora dos cristãos!”

O encerramento da novena coube ao Vice-Inspetor Salesiano, Pe. Roque Sibioni, que encantou a todos com sua homilia sobre o significado de Nossa Senhora ser conhecida sob o título de Auxiliadora dos Cristãos.

Já em sua entrevista, Pe. Roque lembrou a caminhada rumo aos 200 anos de Dom Bosco e falou do lançamento do novo quadro referencial da Pastoral Juvenil Salesiana, fruto do Capítulo Geral que também elegeu o novo Reitor-Mor Salesiano.

“FOI ELA QUEM TUDO FEZ!”

Chegado então o dia de comemorar e celebrar o dia de Nossa Senhora Auxiliadora, a comunidade acorreu em peso à igreja, que ficou pequena para acomodar tanta gente. Com uma celebração iniciada pela procissão através da praça paroquial, e que contou ainda com o batizado do pequeno Henrique S. V. Dias, nascido em 29 de janeiro deste ano, filho de Daniela e Denis, casal engajado na paróquia e irmão de João Pedro que no próprio dia 24 de maio completava 4 anos, além da bênção de uma nova capelinha de Auxiliadora peregrina entre as casas da paróquia, da consagração à Nossa Senhora de duas paroquianas e a coroação de Auxiliadora precedida de um manto azul que cobriu toda a assembleia, e encerrada por uma confraternização no salão paroquial, a festa foi belíssima e de uma participação nunca vista por toda a comunidade.

Fonte: PASCOM Santa Teresinha

Deixe seu comentário

Este espaço destina-se a comentários sobre o texto acima.

Para obtenção de informações, clique aqui




*

(*)campos obrigatórios.