Deus nunca se cansa de nos perdoar

A sexta-feira dia 30 de setembro de 2016 trouxe a última noite da novena em honra a Santa Teresinha e alguns fiéis que participaram todos os dias, poderiam se julgar cansados mas o tema trazido nessa noite, dissipava qualquer sintoma de cansaço pela descoberta da misericórdia de um Deus que nunca se cansa de nos perdoar.

E para extirpar qualquer traço de cansaço, fosse por idade ou doença, já no horário das 15h00, a paróquia celebrou uma missa da padroeira dedicada especialmente aos idosos e enfermos, como já é de tradição na novena da padroeira.

A presidência dessa missa coube ao Pe. Marcos Antônio dos Santos, Camiliano e Capelão do Hospital da Clínicas.

Já a  presidência da missa de encerramento da novena, realizada às 19h30, coube ao inspetor salesiano Pe. Edson D. Castilho, que em sua homilia, repetiu diversas vezes o tema da noite, como que a salientar mesmo que, a despeito de todas as nossas falhas, “Deus nunca se cansa de nos perdoar”.

Sua palavra animadora serviu para reanimar toda a comunidade que assim se encontrou preparada para o dia seguinte, quando aconteceria a grande festa em honra de Santa Teresinha.

Relembre aqui o oitavo dia da novena ou avance para relembrar o dia da festa.

Fonte: PASCOM Santa Teresinha

Deixe seu comentário

Este espaço destina-se a comentários sobre o texto acima.

Para obtenção de informações, clique aqui




*

(*)campos obrigatórios.