CPP participa do Encontro de Paróquias Salesianas

No último fim de semana de fevereiro de 2016, representantes das paróquias salesianas da Inspetoria Nossa Senhora Auxiliadora, de São Paulo,  se reuniram na Vila Dom Bosco, em Campos do Jordão, para um momento de espiritualidade e rica troca de experiências. Pela Paróquia Santa Teresinha, participaram do encontro, três membros do Conselho Pastoral Paroquial, a saber: Ana Filomena e Luiz Fernando Garcia e a Salesiana Cooperadora Eliana Regina Vaz Minozzi. Dois temas dominaram as reflexões: liturgia e catequese.

O Pe. Francisco Inácio Vieira Júnior, do Instituto Pio XI, apresentou aspectos relevantes da liturgia presentes na instrução Redemptionis Sacramentum – Sobre Alguns Aspectos que se Deve Observar e Evitar acerca da Santíssima Eucaristia, redigida por disposição de S. João Paulo II pela Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos e publicada em 25 de março de 2004.

Foram abordadas diversas situações práticas que suscitam dúvidas e intermináveis discussões, inúteis visto que um documento oficial da Igreja define os procedimentos a serem observados. “Os abusos não raramente se alicerçam num falso conceito de liberdade. (…) Daí a necessidade de que todos se conformem com os ordenamentos estabelecidos pela legítima autoridade eclesiástica” (RS 7). Seguir as orientações dos documentos da Igreja – Missal Romano, Constituição Sacrosanctum Concilium, carta encíclica Ecclesia de Eucharistia – não significa engessar a liturgia, que pode ser adaptada às características culturais dos diversos povos, mas sim preservar a santidade e a unidade da Igreja pela uniformidade dos ritos e elementos essenciais da nossa fé.

O tema catequese foi apresentado e animado pelo Pe. Ailton António dos Santos, pároco da Paróquia Dom Bosco, da Lapa. Neste tema, o expositor mostrou também que não é necessário inventar. A Igreja nos apresenta o RICA – Ritual da Iniciação Cristã de Adultos, itinerário completo para introduzir o postulante na vida da Igreja, apresenta-lo a Jesus Cristo e ensinar os princípios fundantes da nossa fé, trabalhando pela sua conversão e mudando sua perspectiva de vida. Pe. Ailton ressaltou, também, a importância de se estabelecer um itinerário catequético integrando os diversos momentos de catequese da paróquia – pré-catequese, primeira eucaristia, perseverança, crisma, catequese de adultos – em um caminho lógico com metodologia apropriada para cada situação etária e de vida dos catequizandos. A iniciação à fé cristã é um processo permanente e deve ser continuamente incentivado. As celebrações, solenidades e ritos das catequeses feitos nos momentos propícios junto com toda a comunidade favorecem a catequese e o fortalecimento da fé de todos os fiéis, inspirando-os a procurar uma maior espiritualidade e a aprofundar o conhecimento e busca da verdade.

20160228_115947

A partir do aprendizado adquirido, os representantes da nossa paróquia levarão suas sugestões aos demais membros do Conselho Pastoral Paroquial e conversarão com os coordenadores de liturgia e das diversas pastorais catequéticas, visando o aprimoramento dos serviços e o alinhamento com as diretrizes de nossa Santa Mãe Igreja.

Fonte: Luiz Fernando Garcia
para a PASCOM Santa Teresinha

Deixe seu comentário

Este espaço destina-se a comentários sobre o texto acima.

Para obtenção de informações, clique aqui




*

(*)campos obrigatórios.