Dom Bosco

São João Bosco nasceu em Castelnuovo dAsti, Itália, no ano de 1815, em uma família de humildes camponeses. Órfão de pai aos dois anos, foi educado na fé e na prática coerente da mensagem evangélica por sua mãe, Margarida Ochienna, que era analfabeta, porém rica de sabedoria cristã.

Tinha apenas nove anos quando um sonho revelador lhe fez intuir que deveria dedicar-se à educação da juventude. Ainda pequeno, começou a entreter os companheiros com jogos, que alternava com a oração e instrução religiosa.

Em 1835, entrou para o seminário de Chieri e em 5 de junho de 1841 foi ordenado sacerdote. No dia 8 de dezembro deste mesmo ano, iniciou o seu apostolado juvenil em Turim. Escolheu como programa de vida, “dá-me as pessoas e toma o resto”, fundando o Oratório e pondo-o sob a proteção de São Francisco de Sales.

Começou a recolher e a educar os jovens mais abandonados e a convidar os que estavam na prisão para que, quando saíssem, se dirigissem ao Oratório. Era neste lugar que Dom Bosco reunia, divertia, educava e ensinava os jovens a redescobrir a dignidade da própria vida como filhos de Deus. O Oratório era uma realidade onde podiam encontrar campos para jogar, salas e oficinas, dormitório e refeitório para os alunos internos e, claro, uma Igreja para as orações, o canto e a catequese.

Em 1859, fundou a Sociedade São Francisco de Sales ou Congregação Salesiana, cuja missão era desenvolvida em três direções específicas: a missão juvenil, através da obra educativa dirigida aos jovens, sobretudo pobres e abandonados; a missão popular, através da obra pastoral em ambientes populares; e a missão propriamente “missionária”, em vista do anúncio do Evangelho nos países onde Cristo não é conhecido.

Com a ajuda de Santa Maria D. Mazzarello , fundou, em 1872, o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora para a educação da juventude feminina. Em 1875, enviou a primeira turma de seus missionários à América do Sul. Foi ele quem mandou os salesianos para fundar o Colégio Santa Rosa, em Niterói, primeira casa salesiana do Brasil.

Ainda em 1876, fundou a Associação dos Salesianos Cooperadores , uma associação pública de fiéis leigos, comprometidos com a continuação da obra de Dom Bosco.

Consumido pelo trabalho, fechou o ciclo de sua vida terrena aos 72 anos de idade, em 31 de janeiro de 1888. Foi canonizado em 1934, pelo Papa Pio XI e, no centenário da sua morte, João Paulo II proclamou-o Pai e Mestre da Juventude.

São João Bosco é um dos santos mais populares da Igreja, e sua obra é toda ela um belíssimo poema de fé e caridade.

Oração a Dom Bosco para pedir uma graça

Necessitando de especial auxílio, com grande confiança recorro a vós, ó São João Bosco. Preciso não só de graças espirituais, mas também de graças temporais, e principalmente (pequena pausa para pedir a graça que se deseja).

Vós, que tivestes tanta devoção a Jesus Sacramentado e a Maria Auxiliadora, e que tanto vos compadecestes das desventuras humanas, alcançai-me de Jesus e de sua celeste Mãe a graça que vos peço, e mais: resignação inteira à vontade de Deus.

Rezar 1 Pai Nosso, 1 Ave-Maria e 1 Glória.