Os Santos

“Eu sou o Senhor vosso Deus; santificar-vos-eis, portanto, para serdes santos, pois eu sou santo” (Lv 11,44).

Deus nos criou à sua imagem e semelhança, portanto com vocação para a santidade. Jesus Cristo nos incita a ela, dizendo:“Sede santos, porque eu, o Senhor, vosso Deus, sou santo”.

Santa Teresinha nos mostra um caminho para isso: “Meu caminho é o caminho da infância espiritual, o caminho da confiança e da entrega absoluta”

Dom Bosco, ensina a Domingos Sávio e a nós também, as duas regras básicas para a santidade:

1) Estar sempre alegre.

2) Fazer bem todas as coisas.

Esses dois santos, com seus ensinamentos, deixam claro que ninguém já nasce santo ou predestinado a sê-lo. A santidade se constrói dia a dia na vida de pessoas comuns que colocam como objetivo essencial de sua existência, a estrita observância aos ensinamentos de Jesus Cristo.

Conhecendo a vida de algumas das pessoas que alcançaram essa graça, podemos buscar o exemplo e a força que necessitamos para também nós trilharmos esse caminho planejado por Deus para toda a humanidade.