A criançada pipocou

Festa de criança sem pipoca não é festa e pipoca para ser boa tem que pular bastante mas não precisa ser na panela.

Foi isso que as crianças da Paróquia Santa Teresinha constataram no Dia das Crianças, ao comparecerem ao salão paroquial para encontrarem a Pipoca (Rosana Ienne Ral, da Pastoral Familiar), uma simpática palhacinha que alegrou a tarde dos baixinhos.

Pulando corda, inventando brincadeiras, fazendo toda a turminha participar, ela alegrou a tarde das crianças e por que não, dos adultos que lá estavam também.

Ao final da tarde, um delicioso bolo com guloseimas e refrigerante esperava a molecada toda que já não vê a hora de repetir a dose.

Fonte: PASCOM Santa Teresinha

 

Deixe seu comentário

Este espaço destina-se a comentários sobre o texto acima.

Para obtenção de informações, clique aqui




*

(*)campos obrigatórios.