1, 2, 3, padre!

Leva tempo para se tornar um padre salesiano.

Primeiro, é preciso certificar-se de sua vocação, o que pode ser feito, por exemplo, durante a preparação para o Sacramento da Crisma, vivida entre outros tantos jovens de sua paróquia.

Depois, é preciso encarar onze anos de estudos, entre os quais, filosofia e teologia.

Na parte “prática” é preciso ser ordenado diácono e servir durante um ano numa paróquia, realizando batizados, casamentos, além de servir o altar nas missas.

Finalmente, com a ordenação sacerdotal marcada, começam os preparativos dessa solene e festiva celebração, e um dos últimos preparativos é o tríduo que antecede a ordenação.

Foi exatamente assim, com um jovem paroquiano de Santa Teresinha, Ronaldo Luís de Souza Pereira.

Tendo iniciado sua caminhada vocacional quando participava da preparação para ser crismado, veio servir como diácono também em nossa paróquia durante o ano de 2018 e então, com sua ordenação sacerdotal marcada para o dia 09 de dezembro de 2018, a paróquia toda pôde, com imensa alegria, participar de seu tríduo preparatório nos dias 6 a 8 do mesmo mês.

O PRIMEIRO DIA – BÊNÇÃO DO CÁLICE E PATENA

No dia 06, durante a missa das 19h30, o diácono Ronaldo recebeu para presidir a missa, Pe. Roque Sibioni, vice-inspetor salesiano de São Paulo.

Também concelebraram com Pe. Roque, Pe. Camilo P. da Silva, pároco e Pe. Edimilson de Moraes, que foi quem abençoou os objetos litúrgicos com que o Dc. Ronaldo foi presenteado por seus familiares.

O SEGUNDO DIA – BÊNÇÃO DAS VESTES PARAMENTAIS

Já no dia 07, também na missa das 19h30, a presidência da missa coube a Pe. Maurício Miranda, diretor do Instituto Pio Xi, onde o Dc. Ronaldo terminou seus estudos.

Concelebraram nesse dia, Pe. Camilo P. da SIlva, pároco e Pe. André Simões, que abençoou os paramentos que a comunidade paroquial de Santa Teresinha presenteou ao Dc. Ronaldo.

O TERCEIRO DIA – BÊNÇÃO DA FAMÍLIA

No dia 08 de dezembro, um sábado, foi durante a missa das 16h00 que se encerrou o tríduo preparatório à ordenação. A presidência da missa coube então a Pe. Alexandre de Oliveira, diretor da comunidade salesiana de Campinas, sendo concelebrada por Pe. Douglas Verdi, diretor da comunidade de Santa Teresinha, onde o Dc. Ronaldo irá residir depois de ordenado sacerdote.

Também concelebrou a missa, Pe. Camilo P. da Silva, que fez com que toda a família do diácono viesse até o presbitério para ser abençoada e agradecida por sua doação de mais um sacerdote para a Família Salesiana e a Igreja.

Fonte: PASCOM Santa Teresinha

Deixe seu comentário

Este espaço destina-se a comentários sobre o texto acima.

Para obtenção de informações, clique aqui




*

(*)campos obrigatórios.